Notícias
Medidas emergenciais do governo podem aumentar tarifa de energia em mais de 20%

A projeção foi feita pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia (Abrace)

Valor Econômico - 18/04/2020
Por Rodrigo Polito


As medidas emergenciais já adotadas e as que estão em estudo pelo governo para socorrer o setor elétrico, somadas à conjuntura de mercado, podem levar a um aumento de mais de 20% nas tarifas de energia. A projeção foi feita pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia (Abrace), em documento assinado pela instituição junto com outras 51 entidades setoriais da indústria e do comércio.

"Somado à atual conjuntura de elevação dos custos de energia, o impacto das medidas atualmente propostas pode chegar a um aumento de mais de 20% nas tarifas de energia, com um efeito sobre a inflação e resultados nefastos para a economia no longo prazo", afirmam as entidades em carta aberta intitulada "Energia Para Sair da Crise".

As entidades ressaltam ainda que a energia precisa ser um elemento de foco na competitividade do país. "O que se observou ao longo do tempo, no entanto, foi que distorções do setor que levaram ao aumento do custo desse importante insumo para o setor produtivo - e hoje, temos uma energia barata e uma conta cara".

Na carta, o grupo propõe medidas para buscar uma solução para o setor elétrico sem onerar o consumidor "a ponto de comprometer a produção nacional". Entre as sugestões estão a elaboração de um acordo para que a demanda de energia seja paga conforme o valor utilizado (e não o contratado), sem prejuízo de compensações posteriores; o rateio dos custos da crise por todos os agentes do setor, não apenas os consumidores; e aceleração do processo de modernização do setor, cujo projeto está no Congresso.

"Superada a crise, precisaremos de energia para a recuperação do setor produtivo, para gerar empregos, para arrecadar impostos. O Brasil precisa aproveitar oportunidades de abundância de recursos naturais para gerar energia barata e estimular a economia, o comércio e a indústria que será de extrema importância para ajudar o país a sair da crise", completam as instituições no documento.





Secretaria Executiva 

Associação Fórum de Meio Ambiente do Setor Elétrico – FMASE
Rua Paes Leme, 215 - Ed. Thera Office - Conj. 504
São Paulo - SP - 05424-150
Tel.: 11 3089-8800 ou BSB 61 3327-6042
www.fmase.com.br